Neymar na Seleção? Não, obrigado

Para começo de conversa: Pelé e Ronaldo sempre foram gênios, Neymar não é. Dito isso, o nobre leitor já pode começar a entender o meu ponto de vista. De repente, por causa de alguns bons jogos neste começo de temporada, pelo Campeonato Paulista, Neymar passou a ser a bola da vez na Seleção Brasileira. Pois não é sua hora.

O jovem jogador do Santos, de apenas 18 anos, é talentosíssimo e possui habilidade acima da média. Mas não é um craque que, com essa pouca idade, vá fazer diferença na Copa. Ele é um ótimo jogador? Sim, mas não é gênio.

E mais ainda: ele está se destacando no torneio estadual! Ano passado, no Campeonato Brasileiro, foi reserva em muitas rodadas (Mais um pouco: acho o Ganso mais jogador, como prefiro o Diego ao Robinho).

Claro que seu talento é indiscutível, mas querer ver Neymar já na Seleção é algo totalmente precipitado. Até porque, ele ainda está bem atrás de jogadores como Luis Fabiano, Adriano, Nilmar e até mesmo seu novo companheiro, o já citado Robinho.

O velho novo camisa 7 da Vila Belmiro tem tudo para recuperar a forma e chegar bem na Copa. E tem tanta habilidade quanto Neymar, mas com muito mais experiência e confiança do Dunga. Portanto, driblador por driblador, para o Mundial, sou mais Robinho – e olha que sou um crítico voraz das atitudes do ex-jogador de Real Madrid e Mancester City.

Tags: , , ,

Uma resposta to “Neymar na Seleção? Não, obrigado”

  1. Sergio Says:

    Prezado, o senhor não sabe do que está falando.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: