Sobre Muricys e Belluzzos

Muricy Ramalho não deu certo no Palmeiras em momento algum. Luiz Gonzaga Belluzo, até agora, também não. O time palmeirense não é ruim, mas está longe de ter um ataque, no mínimo, respeitável. Nunca houve sintonia entre técnico, diretoria e elenco. Não foi surpresa a demissão do ranzinza treinador.

Basicamente, esse é o resumo do filme de Muricy Ramalho no Palestra Itália. Um técnico vitorioso, com três títulos brasileiros no currículo, famoso pela sua firmeza tática, enfim, um dos melhores do Brasil – que, no entanto, não funcionou no Palmeiras.

Agora, é muito fácil criticar e jogar pedras em Muricy – quando o Palmeiras o contratou, não me lembro de críticas… Sim, ele tem sua parcela de culpa pelo fracasso, que começou com a terrível reta final da equipe no Campeonato Brasileiro, quando deixou a primeira posição para ficar fora até da zona da Libertadores. Só que é preciso analisar todo o contexto para tirar uma conclusão.

Afinal, e Vágner Love, que voltou da Rússia e não jogou nem metade do que está jogando no Flamengo. Com sua saída, mais a de Obina, o time ficou totalmente carente na frente. Além disso, com a já citada derrocada no Brasileirão, a diretoria deixou de acreditar em todos – comissão técnica e elenco -, assim como a torcida, que passou a atuar contra. No saldo final, todos no Palmeiras têm um pouco da responsabilidade por todos os erros.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: