E agora, Kassab, vai ficar contra a Globo?

Por mais que os vereadores de São Paulo insistam que o projeto de lei apresentado e aprovado nesta quarta-feira na Câmara da capital paulista, que determina que partidas de futebol não terminem após as 23h15, não seja contra a Globo, mas sim a favor da população, é difícil negar o inegável. Afinal, as partidas só acontecem às 21h50 porque a Globo é a detentora dos direitos de transmissão e precisa passar suas novelas, telejornais e o BBB antes.

Agora fica a grande dúvida: Gilberto Kassab, do DEM, irá sancionar o projeto de lei apresentado por Antônio Goulart, do PMDB, e Agnaldo Timóteo, do PR? Ele terá, a partir de amanhã, 15 dias para tomar tal decisão. A opinião pública (e a própria Câmara, onde o projeto foi aprovado com 43 votos a favor, dois contra e três abstenções) é bem clara quanto ao assunto: adora a ideia de poder chegar em casa mais cedo. A Globo, no entanto…

Acredito que a medida é extremamente positiva. Há muito tempo todos que gostam de futebol, ou mesmo que odeiam mas são prejudicados pelo trânsito ou barulho no entorno dos estádios, queriam essa mudança. Assim, todos têm chance de pegar o transporte público, dormir tranquilo e ir trabalhar no dia seguinte sem olheiras.

Todas as partes interessadas foram pouco ouvidas, mas foram convidadas a participar de conversas na Câmara sobre o tema. A impressão que dá é que tanto a Globo, como os clubes e a Federação Paulista duvidam que Kassab irá sancionar. Caso contrário, teriam feito, no mínimo, uma pressãozinha.

Inicialmente eu achava que a Globo tinha o direito de determinar os horários dos jogos, porque paga muito bem para os clubes – e é a maior financiadora, hoje, do futebol brasileiro. No entanto, revi minha opinião baseada em argumentos corretos: o poder público tem o direito de determinar as regras de eventos como partidas de futebol. Além disso, a sociedade não pode ser prejudicada em detrimento de interesses privados.

Enfim, agora é esperar para ver o que vai acontecer. Só aí, então, poderemos comemorar.

Tags: , , , ,

3 Respostas to “E agora, Kassab, vai ficar contra a Globo?”

  1. tenismundo Says:

    Concordo, Gustavo. Os jogos acabam muito tarde e prejudicam toda a população. Os interesses da emissora não podem prevalecer contra os interesses do público.

  2. Felipe Barros Says:

    Discordo que a Globo pague muito bem pelos direitos de transmissão do futebol brasileiro. Pra uma empresa que exige o tanto que ela exige, paga é muito mal. Impõe horários, datas e o monopólio da transmissão.
    Os clubes ganhariam muito mais se a globo permitisse que eles negociassem com outras emissoras para transmitir jogos que a globo e suas afiliadas não transmitem.
    Sem contar que ela tem monopólio na tv aberta E na fechada!

  3. Ricardo Says:

    Concordo plenamente de que sim, o horário deve ser alterado, independente de quem seja a responsável pela transmissão, afinal a Prefeitura e orgãos publicos devem pensar na população, na cidade, no dia a dia e não em palhaçadas que passam na televisão, em horários nobres.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: